27 de julho: Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho no Brasil

No início da década de 70, o alto número de acidentes de trabalho chamou a atenção do Banco Mundial. Isso fez com que a instituição tomasse a medida de cortar financiamentos do Brasil, caso o número de acidentes não diminuísse. Dessa forma, o governo brasileiro precisou criar métodos de prevenção de acidentes de trabalho.

No dia 27 de julho de 1972, o Brasil criou o serviço obrigatório de Segurança e Medicina do Trabalho. Dessa forma, as empresas começaram a ser responsabilizadas pela saúde do trabalhador enquanto ele estivesse exercendo a sua função. 

Isso significa que as empresas, após essa data, teriam que fornecer equipamentos de segurança para os trabalhadores, além de boas condições de trabalho. E qualquer lesão corporal ou funcional que acontecesse com o funcionário durante o horário de trabalho seria de responsabilidade da empresa. 

Dessa forma, o dia 27 de julho ficou conhecido como o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho. As normas estabelecidas pelo governo seguem em vigência até os dias atuais, com algumas atualizações que foram feitas durante o passar do tempo.

Aliás, na mesma década de 70, especificamente no ano de 1977, foram implementadas as Normas Regulamentadoras. Elas serviram, e ainda servem até hoje, para que as empresas saibam como agir em relação à segurança do trabalho.

Prevenir acidentes é essencial

Os trabalhadores que saem todos os dias de suas casas para o trabalho esperam voltar para o seu lar no final do dia. Mais do que isso, é preciso voltar bem e que a longo prazo sua saúde não seja comprometida por conta da função que ele exerce no trabalho.

A prevenção de acidentes é uma questão essencial a ser tratada pelas empresas e seus gestores. Proteger os funcionários de acidentes de trabalho é cuidar da vida das pessoas que fazem seu negócio prosperar e também é cuidar para não sofrer em diversos âmbitos com a perda de um funcionário, seja por tempo determinado ou indeterminado. 

A prevenção evita que acidentes leves ou graves aconteçam. Abaixo, veremos algumas formas de prevenção que podem ser aplicadas em sua empresa.  

Promova treinamentos

Os treinamentos são obrigatórios para algumas funções, como operador de empilhadeira ou em trabalho em altura, por exemplo. Mas além dos treinamentos obrigatórios, a empresa pode fornecer outros treinamentos que visam ensinar os funcionários a como trabalhar de forma segura.

Dessa forma, os treinamentos podem acontecer por meio de cursos obrigatórios, palestras, webinar, workshops, entre outras. Aliás, eles podem ser tanto online como presenciais, exceto em alguns casos que é obrigatório ser presencial por serem treinamentos práticos.

prevenção de acidentes

Crie um plano de segurança do trabalho

O plano de segurança do trabalho é um documento em que estão descritas todas as normas a serem seguidas no ambiente de trabalho para se manter a segurança dos trabalhadores. 

Esse plano deve contar com o mapeamento de riscos, padronização de processos, frequência e tipos de treinamentos, além de listar os EPIs (Equipamento de Proteção Individual) necessários.

Corrija riscos

Toda empresa conta com pequenos, ou até grandes riscos, de segurança de trabalho. O importante é reconhecer quais são esses riscos e corrigi-los. Para isso, o gestor deve contratar um técnico de segurança do trabalho ou um engenheiro para analisá-los. 

Após a análise é preciso corrigir esses riscos para que os trabalhadores possam exercer suas funções de forma segura. Se a empresa contar com a CIPA, é importante que esta se reúna com a equipe que vai analisar como corrigir os riscos.

prevenção de acidentes

Disponibilize EPIs

Os EPIs são essenciais para a proteção diária dos funcionários. Eles evitam acidentes, como cortes, queimaduras e até quedas. Entre os principais EPIs, estão as luvas, o cinto, o capacete e as roupas especiais para determinadas funções. 

A empresa deve fornecer os EPIs, enquanto os funcionários devem preservá-los e mantê-los limpos e em bom estado de uso. 

O Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho no Brasil nos lembra que a prevenção é a melhor maneira para se manter um local de trabalho seguro para os seus trabalhadores. Por isso, é essencial que as empresas se preocupem com isso e apliquem as medidas necessárias, como as que foram indicadas logo acima, para prevenir acidentes.

Leia nosso artigo com dicas sobre como evitar escorregões e quedas. Assim, encontrará mais informações sobre a prevenção de acidentes de trabalho.

Deixe seu comentário