Os EPIs nos Trabalhos em Altura (NR-35)

11 de setembro de 2017

Neste artigo iremos explorar os EPIs – Equipamentos de Proteção Individual – relativos aos trabalhos em altura, você irá conhecer as obrigatoriedades do empregador e do empregado e uma série de exemplos de EPI para realização deste tipo de atividade. Veja a seguir:

Vamos relembrar o conceito…

Como falamos anteriormente aqui no blog, o EPI é uma ferramenta muito importante para garantir a segurança dos trabalhadores, entende-se por EPI todo dispositivo de uso individual, a fim de proteger a saúde e integridade física do trabalhador. Só pode ser comercializado e utilizado, se possuir o Certificado de Aprovação – CA,  que é o numero expedido pelo MTE e que consta  no próprio equipamento.

Veja também: “Como escolher o EPI correto? veja o que considerar”

Obriga-se ao empregador, quanto ao EPI:

  • Adquirir o tipo adequado á atividade do empregado;
  • Treinar o trabalhador sobre o uso adequado e tornar seu uso obrigatório;
  • Substituí-lo quando danificado ou extraviado, higienizá-lo e fazer sua manutenção;

Obriga-se ao empregado, quanto ao EPI:

  • Usá-lo para o fim a que se destina a responsabiliza-se por sua guarda e conservação;
  • Comunicar o empregador alteração que torne seu uso impróprio.

Na seleção dos EPI devem ser considerados, além dos riscos a que o trabalhado esta exposto, os riscos adicionais.

Exemplos de EPI em Trabalhos em Altura:

1. Trava Quedas

https://www.superepi.com.br/fotos/extragrande/762fe1/trava-quedas-steelflex-para-cabo-de-aco-stf-cqtq0468.jpg

2. Cinto de Segurança tipo paraquedista

Resultado de imagem para Cinto de Segurança tipo pára-quedista

3. Capacete com Jugular

Resultado de imagem para Capacete com Jugular

4. Talabartes Ajustáveis

Resultado de imagem para Talabartes Ajustáveis

5. Talabartes Simples

Resultado de imagem para Talabartes Simples

6. Talabarte Y

Resultado de imagem para Talabarte Y

7. Botinas de Segurança

Resultado de imagem para Botinas de Segurança

8. Óculos de Segurança

Resultado de imagem para Óculos de Segurança

9. Luvas de Segurança

Resultado de imagem para luvas de segurança

Pensando nisso, a Beta Educação desenvolveu um excelente Curso da NR-35, onde atende as exigências do MTE quanto a carga horária e conteúdo programático. O curso é totalmente teórico e online, você recebe a certificação por e-mail e também impressa por correios após a conclusão da prova! Confira mais informação sobre o curso NR-35

Gostou do post? Deixe sua opinião nos comentários!

Você também irá gostar

  • A Importância das Pontes Rolantes na Movimentação de Materiais

    A Importância das Pontes Rolantes na Movimentação de Materiais

    É importante ressaltar que as atividades de Movimentação de Materiaisrepresentam para as empresas um importante divisor entre a sua programação e o controle de produção, e a sua efetiva capacidade produtiva. Comenta-se que, em empresas razoavelmente organizadas, movimenta-se entre 50 a 70 toneladas de materiais para cada tonelada de produto acabado, reforçando as afirmativas de […]

  • Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    A ergonomia pode ser definida de acordo com o dicionário Aurélio como a “ciência que visa à organização metódica do trabalho em função do fim proposto e das relações entre homem e a máquina” (Aurélio, p. 298, 2010). Desta forma, pensando na maior produtividade do trabalhador e em seu bem-estar, uma das atribuições do Técnico […]

  • O que é preciso saber sobre Legislação Trabalhista e Previdenciária em SST?

    O que é preciso saber sobre Legislação Trabalhista e Previdenciária em SST?

    Olá, no post de hoje iremos abordar um tema muito importante para todos os envolvidos na área de SST: A legislação trabalhista e previdenciária. A intenção deste post é apresentar de maneira simplificada os conceitos do acidente de trabalho nos termos legal e prevencionista e como ficará o envio dos dados do acidente com o […]