5 Indicadores de avaliação de treinamento em segurança do trabalho

  • 356 visualizações

A avaliação de treinamento sempre foi uma questão de difícil mensuração, muitos enfrentam a dificuldade de aplicar estratégias que podem entregar análises concretas do desempenho direto do treinamento. Mas hoje, vamos falar de alguns indicadores que podem servir de avaliação para diversos objetivos de treinamento em segurança do trabalho, vamos lá?

A avaliação de treinamento deve partir de um objetivo já estabelecido, segundo Sebastião Guimarães (Chefe de treinamento da empresa Tedeschi e Guimarães) antes de desenvolver qualquer treinamento, o programa deve responder a seguinte pergunta: “Que evidências objetivas precisamos ter para provar que este treinamento será eficiente e eficaz?” A resposta com frequência será correta. Mas, caso o gestor não consiga responder, Guimarães aconselha: “Não desenvolva o treinamento”.

Com isso, temos a seguinte clareza: nenhum treinamento pode começar sem um objetivo!  e é a partir dele que verificamos qual ou quais indicadores de avaliação iremos colocar em prática.

Lembrando sempre que:  Vale mais a pena ter poucos indicadores de avaliação objetivados, do que milhares que não levem a lugar nenhum.

Por isso hoje, vamos falar de cinco indicadores de avaliação que podem se encaixar com objetivos diversos em treinamentos de segurança do trabalho.

Número de acidentes

Se este for o caso, este indicador de avaliação pode se encaixar em empresas que procuram verificar se o treinamento ajudou a diminuir o número de acidentes, para calcular e avaliar este indicador deve-se ter em conta a diferença de número de acidentes antes e depois do treinamento, desta forma você poderá descobrir se o treinamento trouxe realmente o benefício esperado.

indicadores de avaliação

Relação do custo-benefício

Este está diretamente relacionado com o resultado do investimento do treinamento e com os benefícios que eles trouxeram. O cálculo dependerá muito de que tipos de benefícios foram considerados, deve-se então calcular o total deles e dividir pelo custo do investimento do treinamento.

indicadores de avaliação

Custo de saúde por empregado

Este tem como objetivo verificar se o treinamento trouxe resultados de assegurar a saúde do trabalhador e verificar se o treinamento realmente influenciou no custo de saúde por empregado. Ele pode ser calculado considerando o absenteísmo dos trabalhadores (tempo afastado do trabalho por questões de saúde), custos relacionados a acidentes de trabalho, quantidade de atestados médicos e doenças ocupacionais, que hoje, é considerada a maior causa de acidentes de trabalho.

Importante ressaltar que este indicador pode avaliar a contribuição do treinamento a fim de assegurar a saúde do trabalhador, como também pode ter como objetivo verificar se houve uma possível redução de custos relacionados a saúde do colaboradores.

indicadores de avaliação

Desligamento voluntário

Esta tipo de indicador de avaliação pode ser colocado em prática, por exemplo, em uma empresa que está tendo um índice muito alto de desligamento de seus colaboradores, podendo ser a causa o descaso da empresa com a segurança, ou simplesmente a insatisfação do empregado com suas condições. A avaliação pode ser realizada por formulários de satisfação de treinamento após o programa a fim de trazer possíveis soluções, como também verificando a quantidade de desligamento antes e após o treinamento.

Horas de treinamento

Este indicador de avaliação pode ser aplicado em dois tipos de cenários, caso a empresa deseja verificar se após o treinamento a quantidade de horas diminuídas ou aumentadas fizeram a diferença no treinamento, como o objetivo de verificar se houve melhor absorção de conteúdo. Este pode ser verificado com a diferença do desempenho do treinamento anterior com o treinamento atual.

Gostou do post? Deixe seu comentário!

banner ebook elaborar treinamento integracao