Você também é responsável pela segurança do trabalho

16 de dezembro de 2016

Investir em procedimentos e normas de segurança são exigências estabelecidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) para evitar acidentes, porém há um elemento fundamental para que tudo funcione: o papel do colaborador com a segurança do trabalho.

Um ambiente de trabalho saudável e seguro é a garantia de equipe motivada, qualidade da imagem e produtividade para a empresa. Oferecer bem-estar e segurança aos colaboradores não é papel exclusivo do empregador. Cada colaborador é responsável pela segurança de toda a empresa, através das atitudes colocadas em prática durante o exercício de suas funções.

De que adianta o gestor garantir equipamentos de proteção (EPIs e EPCs) se o funcionário não utilizam diariamente? Qual é o objetivo da Comissão Interna de Proteção de Acidentes (CIPA) e dos Técnicos em Segurança do Trabalho se o colaborador não tem compromisso com a Segurança do trabalho?

Toda instituição possui regulamentos próprios que amenizam os riscos e evitam acidentes de trabalho. Essas regras devem ser seguidas diariamente, porém o trabalho de manutenção da segurança nos ambientes ocupacionais é também um trabalho individual e ocorre através do papel do colaborador de forma ativa, trabalhando na conscientização de que ele é o responsável pela segurança dele e consequentemente de todos.

As funções e atitudes do colaborador que demonstra ser responsável pela segurança do trabalho:

  • Não descuidar da sua segurança: A maioria dos acidentes de trabalho afeta, principalmente, o funcionário – maior prejudicado, uma vez que pode ter consequências como afastamento temporário, definitivo e, em casos mais graves, até vir a óbito. Os gestores permanecem e continuam o trabalho de oferta e conscientização para o uso dos procedimentos de segurança. Por isso, pense bem antes de tomar qualquer atitude que possa resultar em um incidente de trabalho. Cuide para que a sua segurança esteja mantida todos os dias.
  • Propagar a segurança: Seja um transmissor da segurança em seu local de trabalho. Converse com seus colegas sobre a importância de cada um fazer a sua parte para a manutenção do bem-estar e qualidade de vida na empresa.
  • Dê o exemplo: Pessoas sempre se espelham nas atitudes de outros, por isso garanta que o seu exemplo seja seguido de forma positiva!
  • Ajudar os profissionais da segurança: Os profissionais da segurança estão na empresa para auxiliar na prevenção de acidentes de trabalho. Por isso, não atrapalhe ou prejudique o trabalho da equipe, mantenha as placas de sinalização e não danifique os equipamentos de segurança.
  • Use os equipamentos de proteção (EPIs) indicados para a sua função e cumpra as normas internas de segurança: mais do que essencial para sua segurança e a de todos! cumpra com seu dever também, esteja de acordo com as normas e use SEMPRE os equipamentos de segurança individuais.
  • Participe das atividades de segurança: participando ativamente das atividades como palestras de segurança você acaba aprimorando seus conhecimentos e também tem oportunidade de expor suas ideias de prevenção de acidentes.
  • Faça os exames médicos quando solicitado: preserve sua saúde e garanta também a saúde de todos colegas realizando seus exames médicos.

Lembre-se que, com atitudes simples, você se mantém atento aos riscos e assegura o bem mais precioso que tem: a sua vida! Por isso, seja o seu maior vigia, pois, você é o responsável pela sua segurança diária dentro e fora do local de trabalho.

Pensando nisso, a Beta Educação desenvolveu uma plataforma especialmente para empresas que desejam capacitar os seus funcionários nos treinamentos obrigatórios em segurança do trabalho, de forma simples e centralizada. Conheça a nossa proposta e cadastre a sua empresa, acesse: http://betaeducacao.com.br/empresas/.

Você também irá gostar

  • Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    A ergonomia pode ser definida de acordo com o dicionário Aurélio como a “ciência que visa à organização metódica do trabalho em função do fim proposto e das relações entre homem e a máquina” (Aurélio, p. 298, 2010). Desta forma, pensando na maior produtividade do trabalhador e em seu bem-estar, uma das atribuições do Técnico […]

  • O que é preciso saber sobre Legislação Trabalhista e Previdenciária em SST?

    O que é preciso saber sobre Legislação Trabalhista e Previdenciária em SST?

    Olá, no post de hoje iremos abordar um tema muito importante para todos os envolvidos na área de SST: A legislação trabalhista e previdenciária. A intenção deste post é apresentar de maneira simplificada os conceitos do acidente de trabalho nos termos legal e prevencionista e como ficará o envio dos dados do acidente com o […]

  • Por que o mês de Maio é Amarelo?

    Por que o mês de Maio é Amarelo?

    Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para a redução dos acidentes de trânsito e que surgiu com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.  A ideia é mobilizar os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações […]