O que ter em um kit de primeiros socorros?

Ter um bom kit de primeiros socorros é essencial em casa, no carro, enquanto viaja e, principalmente, no local de trabalho. Com ele é possível fazer os primeiros procedimentos em caso de acidente ou lesão. Escolher o melhor kit de primeiros socorros nem sempre é a coisa mais fácil, porque existem muitos tipos disponíveis.

Ao escolher um kit, ele deve atender às suas necessidades e cumprir as normas de segurança. No caso do local de trabalho, um kit de primeiros socorros deve obedecer às Normas Regulamentadoras e ao tipo de trabalho que é exercido na empresa.

Este guia o ajudará você a escolher o melhor kit de primeiros socorros para sua casa ou local de trabalho.

Como escolher o melhor kit de primeiros socorros

O kit de primeiros socorros deve se adequar ao objetivo. Por exemplo, um kit de primeiros socorros para casa terá itens básicos para tratar pequenos ferimentos. Também terá itens que atendam às crianças, se em sua casa tiver uma.

Já no local de trabalho é preciso considerar algumas coisas antes de escolher o kit, como:

  • tamanho do local de trabalho;
  • número de funcionários;
  • perigos existentes no local de trabalho;
  • se o trabalho estiver em uma área remota;
  • distância de hospitais e UPA.

É preciso de kits suficientes para atender a todos, especialmente no local de trabalho. Os kits devem estar bem armazenados e facilmente acessíveis a todos. Alguns locais de trabalho podem ter salas de primeiros socorros com mais equipamentos e espaço para os pacientes descansarem ou aguardarem uma ambulância.

Além do mais, os kits devem ser reconhecidos com facilidade. Por isso, recomenda-se que eles tenham uma cruz vermelha na área externa da embalagem. Essa embalagem deve ser resistente ao calor, manuseio incorreto e capaz de suportar sujeira.

Primeiros socorros

Itens indispensáveis ​​para um kit de primeiros socorros

Ao escolher kits de primeiros socorros, os itens devem conseguir atender a lesões básicas, como cortes, arranhões, perfurações, escoriações, entorses, distensões musculares, queimaduras leves, feridas graves, ossos fraturados, lesões oculares e choque.

Alguns dos itens essenciais dos kits de primeiros socorros devem incluir:

  • ataduras em tamanhos variados;
  • antibióticos permitidos para combater infecções;
  • soro fisiológico para lavar feridas;
  • curativo adesivo e esparadrapo; 
  • gazes;
  • hastes flexíveis;
  • compressas frias;
  • luvas descartáveis;
  • guia de instruções para tratamento de emergência.

Além desses itens, ter um desfibrilador é importante para os primeiros socorros no local de trabalho. Seu principal objetivo é ajudar pacientes que sofrem de parada cardíaca. Isso é crucial porque um paciente com parada cardíaca deve ser tratado nos primeiros cinco minutos para melhorar suas chances de sobrevivência.

Como tirar o máximo proveito do seu kit

Realize uma avaliação de risco no local de trabalho. Cada tipo de local de trabalho possui diferentes tipos de riscos que os trabalhadores enfrentam. Fazer uma avaliação permitirá que você forneça o melhor kit de primeiros socorros para cada situação.

Por exemplo, em locais de trabalho com riscos químicos, você deve ter uma estação de lavagem dos olhos para lavá-los em caso de acidente. Essa avaliação também fornece uma ideia de quantos kits são necessários e se sua empresa também precisa de uma sala de primeiros socorros.

Treinamento regular para funcionários e oficiais de primeiros socorros é crucial para que eles aprendam técnicas básicas de atendimento. Por isso, é importante que a sua empresa ofereça um curso de primeiros socorros para os funcionários com o objetivo deles adquirirem conhecimento necessário para atuar em acidentes que possam acontecer.

Primeiros socorros

Conheça nosso curso de Noções de Primeiros Socorros. Ele é totalmente online, o que permite ser assistido de qualquer lugar com acesso à internet.

Todos os kits devem ser verificados regularmente para garantir que estejam prontos para uso. Verificações regulares dos itens o ajudarão a descobrir o que precisa ser descartado ou substituído.

Itens como ataduras, gazes, luvas, soro fisiológico e antisséptico podem enfraquecer ou perder sua esterilidade. Além disso, medicamentos podem passar do prazo de validade. Por isso, é importante revisar os kits com uma certa frequência.

Deve haver sinalização clara direcionando as pessoas para onde elas podem acessar um kit de primeiros socorros. Isso também deve fazer parte do treinamento da equipe.

Existem vários tipos de kits de primeiros socorros disponíveis para lidar com qualquer tipo de emergência. Em caso de acidente grave, ligue para o 192 (SAMU). Assim, a equipe realizará os primeiros socorros e, se for preciso, encaminhará a pessoa para o hospital.

Lembre-se de que ter um kit de primeiros socorros bem equipado pode ser o primeiro passo para salvar uma vida.


Deixe seu comentário