Como motivar o adulto a aprender algo novo?

As empresas que oferecem treinamento, não importa quem sejam, parecem ter um problema comum: motivar os adultos a aprender. Mesmo se tratando de treinamento de funcionários, clientes ou parceiros, é crucial que sua organização tenha um plano para combater a baixa motivação dos alunos para que seu público se envolva com o treinamento e seu programa seja um sucesso. 

O que motiva os adultos a aprender? 

Existem vários fatores que motivam os adultos a aprenderem. Estes são internos e externos e eles “estimulam e impulsionam as pessoas a estarem continuamente interessadas e comprometidas com um trabalho, função ou assunto, ou para fazer um esforço para atingir uma meta”.

Com a motivação, podemos estar cientes ou inconscientes de nossas razões para querer ou não fazer algo. Essa motivação vem de:

  1. intensidade do desejo ou necessidade;
  2. valor de incentivo ou recompensa da meta;
  3. expectativas do indivíduo e de seus pares.

Esses fatores são as razões que temos para nos comportarmos de determinada maneira. 

Existem dois tipos principais de motivação ー intrínseca e extrínseca. Quando fatores internos estão em jogo, como o desejo de alcançar uma sensação de realização, chamamos isso de motivação intrínseca. Os fatores externos que nos encorajam a aprender, como cumprir um prazo que nosso chefe nos estabeleceu, são chamados de motivação extrínseca.

Conheça nossos cursos online de treinamento para a área de segurança do trabalho.

O que há de diferente em motivar os adultos a aprender?

Quando comparado com crianças, treinar adultos é fundamentalmente diferente. Malcolm Shepherd Knowles foi o pioneiro na Teoria da Aprendizagem de Adultos ou Andragogia, que apontou maneiras importantes em que os adultos aprendem de forma diferente:

1. Autoconceito

Os adultos são mais maduros do que as crianças e compreendem melhor por que estão aprendendo. Knowles afirmou que isso significava que os adultos deveriam ter uma mão na direção de seu próprio aprendizado.

2. Experiência anterior

Os adultos têm um passado para se inspirar. Muitos deles trabalharam em outras empresas onde as coisas eram feitas de maneira diferente. Eles frequentaram diferentes instituições de ensino e alcançaram diferentes níveis no ensino. Isso lhes dá uma estrutura dentro da qual contextualizam as informações que o instrutor fornece.

3. Prontidão para aprender

Os adultos provavelmente verão o propósito do treinamento que o instrutor está ministrando e o valorizarão. Eles são menos propensos a se distrair ou ficar entediados do que crianças cujas mentes ainda estão em desenvolvimento.

4. Razões práticas para aprender

A maior parte da aprendizagem de adultos é projetada para ser muito prática, especialmente em um ambiente corporativo. Há muito menos ênfase na teoria e mais ênfase na obtenção de conhecimentos e habilidades que podem ser usados ​​imediatamente.

5. Motivação intrínseca

Os adultos são mais propensos a ter suas próprias motivações internas para aprender do que as crianças, que muitas vezes precisam de constantes motivadores externos, de elogios a comentários em seus cadernos e estrelas douradas. 

Motivar o adulto

Estratégias para motivar os adultos a aprender

Para motivar os adultos a aprender, é importante usar as motivações intrínsecas e extrínsecas dos alunos. 

1. Dê aos alunos a capacidade de moldar o treinamento

Quando seus alunos são adultos, eles gostam de ser tratados como tal. Portanto, convide-os a contribuir com suas próprias ideias sobre o que o treinamento deve abranger. 

Pode ser que haja uma nova tendência no setor que não existia quando você ministrou esse treinamento pela última vez ou uma pergunta que os clientes têm feito muito para a qual a empresa ainda não desenvolveu uma resposta abrangente. Seus alunos podem ajudá-lo a identificar lacunas ou oportunidades para melhorar a forma como aprendem. 

Se você tem um sistema de gerenciamento de aprendizagem, uma maneira rápida e fácil de coletar esses dados é realizando pesquisas com seus alunos. Você pode reunir informações sobre o que eles têm interesse em aprender, o que permite criar cursos sobre esses tópicos. 

Você pode dar um passo adiante e perguntar a opinião deles sobre como desejam aprender. Eles preferem um curso online baseado em texto? Ou um vídeo ou webinar seria melhor para aprender o conteúdo? Eles querem ficar restritos a aprender no computador? Ou gostariam de aprender quando quiser pelo celular? 

Os adultos gostam de autonomia, e os melhores treinadores incentivam isso, pois é uma habilidade importante no local de trabalho.

2. Vincule o aprendizado diretamente aos resultados do local de trabalho

Lembra de quando você estava sentado na escola reclamando que nunca usaria esse assunto na vida real, então não via sentido em estudá-lo? Bem, isso não deveria ser o caso de seus alunos. Esteja você ministrando treinamento pessoalmente ou por meio do LMS, é crucial que você comece fazendo uma ligação clara entre o treinamento e o trabalho de seus alunos.

Na verdade, este deve ser o primeiro tópico a ser abordado na sessão de treinamento: por que está acontecendo, o que eles aprenderão, como isso afetará seus trabalhos e como se espera que eles o implementem. 

3. Indique os benefícios

Um dos objetivos do treinamento é aumentar o sucesso do aluno. Para os funcionários, é ajudá-los a ter um melhor desempenho em seu trabalho e a adquirir novas habilidades. Para os clientes, é para que usem melhor seu produto e, por sua vez, obtenham mais valor com ele.

Alunos motivados que se envolvem com a aprendizagem devem estar cientes desses benefícios para eles.

4. Torne o aprendizado social

Os adultos são motivados por outros. Eles querem impressionar seus colegas e acompanhar as pessoas ao seu redor. O aprendizado social para seus alunos pode ser incentivado de várias maneiras. Uma das formas é usar um fórum no seu LMS. O lugar perfeito para seus alunos se reunirem, eles podem contribuir, interagir e observar conversas de outras pessoas.

Motivar o adulto

5. Gamificação

A forma mais onipresente de motivação no e-Learning é a gamificação. Ela adiciona uma sensação de diversão para os adultos e um elemento de competição saudável. 

Considere o sucesso do Duolingo, um aplicativo de aprendizagem de idiomas que incentiva os usuários a fazer login todos os dias para manter suas ‘sequências’, ou aplicativos de conhecimento geral que permitem a você acumular pontos e competir com seus colegas para subir na classificação. “A coisa mais difícil de aprender qualquer coisa sozinho é permanecer motivado, e é por isso que decidimos transformar isso em um jogo”, disse Luis von Ahn, CEO do Duolingo. 

Dentro de um LMS, existem mecânicas de gamificação para tornar todo o processo de aprendizagem mais motivador. Quando um aluno conclui um curso, ele ganha pontos. Eles podem até ser classificados em uma tabela de classificação para criar uma sensação de conclusão saudável. 

Quais são suas principais dicas para motivar os adultos a aprender? Você já implementou alguma das ideias que mencionamos acima? Deixe-nos saber nos comentários.

Texto traduzido e adaptado de LearnUpon

Conheça nossos cursos online de treinamento para a área de segurança do trabalho.

Deixe seu comentário