Avaliação e planejamento de instalações/serviços em eletricidade NR-10

17 de agosto de 2016

Neste post iremos tratar da importância da organização do trabalho quanto as atividades da NR-10. Segundo o texto da nova NR-10 em seu subitem 10.11.7., antes de iniciar os trabalhos em equipe, os seus membros, em conjunto com o responsável pela execução do serviço, devem realizar uma avaliação prévia, estudar e planejar as atividades, de forma a atender os princípios técnicos básicos e as melhores técnicas de segurança aplicáveis ao serviço em eletricidade.

Como sabemos, não se concebe nenhum trabalho, qualquer que seja sem o mínimo de organização. Com o trabalho organizado possivelmente todos os objetivos propostos obterão o resultado esperado e alcançarão a meta estabelecida. Essa organização, como cita o subitem 10.11.7 da NR-10, passa necessariamente, pelas seguintes etapas:

  • Avaliação Prévia;
  • Estudo;
  • Planejamento das atividades e ações.

Quando falamos de segurança em instalações e serviços em eletricidade, basicamente a primeira fase que corresponde a avaliação prévia se resume na identificação, avaliação e tratamento dos riscos. Intrinsecamente existe o risco de choque elétrico, mas além dele devemos considerar por exemplo os riscos adicionais.

Entretanto, essa avaliação, além de considerar os riscos envolvidos na tarefa e as medidas preventivas adotadas, deve forçosamente considerar quem são os membros da equipe, os seus responsáveis, o nível de tensão com o qual se vai interagir, o local de trabalho, data e horário de início, e finalmente data e horário de conclusão.

Somente após esta avaliação inicial é que se realiza a segunda etapa, a realização de estudos meticulosos sobre as atividades que deverão ser realizadas. E de uma maneira a simplificar esse raciocínio, cabe colocar como matéria-prima desse estudo os dados da avaliação prévia, como também a execução de um procedimento de trabalho, em detalhes, passo a passo, fazendo constar na ordem de serviço todas as etapas, a fim de conectar de modo eficiente toda a documentação necessária (análise de riscos, dados técnicos do trabalho e características físicas e técnicas do local).

Na seqüência então se estabelece por meio de um plano de ações o que fazer (a etapa), como fazer (a descrição), a justificativa da necessidade de se realizar a tarefa, o tempo previsto até a conclusão dos trabalhos, os colaboradores envolvidos (liderança e liderados) e, finalmente, se possível, os custos envolvidos na tarefa (mão- de-obra, material, ferramental, aluguel de equipamentos, etc).

Veja alguns cursos disponibilizados no formato online (EAD) relacionados ao tema:

Programação e planejamento dos serviços em eletricidade

O planejamento constitui o processo de elaborar, pensar e fazer previsões estabelecendo fatos para atingir um objetivo final, utilizando dados iniciais obtidos por pesquisas ou consultas, para poder prever e integrar todos os elementos pertinentes a um problema, pois disso dependerá o sucesso da tarefa. O planejamento facilita o aproveitamento do tempo, dos materiais, do equipamento e do pessoal. Sem planejamento, perde-se tempo, se gasta energia, e o serviço sai mal feito, isso significa também, perda de dinheiro.

As seis perguntas abaixo permitem estabelecer um plano de atividades com antecedência para cada tarefa. O que? Com quê? Onde? Como? Quem? Quando?

Quando deverá ser feita?

Esta resposta estabelece o prazo para a realização. Deve ser marcada uma data para início e uma para término das partes do serviço ou das quantidades que devem ser feitas.

O que ou quanto deverá ser feito?

A resposta a uma dessas perguntas indica a meta a ser alcançada, mostrando os passos do serviço ou as quantidades que devem ser feitas.

Onde deverá ser feita?

Esta resposta leva a escolher o local para fazer a tarefa. Por local, entende-se: a parte da obra, o setor, o posto de trabalho, a máquina, etc.

Com que esta tarefa deverá ser feita? Esta resposta mostra tudo que vai ser utilizado na execução: equipamentos, materiais, ferramentas, etc..

Quem deverá fazer?

Esta resposta permite saber quais as pessoas que devem participar da execução, desde a categoria profissional (pedreiro, marceneiro, ajudante) até o nome das pessoas (João, Carlos, Pedro, etc.).

Como deverá ser feita?

Esta resposta mostra qual a maneira de fazer a tarefa, isto é, determina o método de trabalho.

Além de responder essas perguntas, o planejamento deve prever, também, um sistema de controle e avaliação que permita, com segurança, alcançar o objetivo determinado de acordo com o que foi programado.

Você pode se aprofundar melhor sobre este assunto realizando o Curso Online de NR-10 Básico, com ele você estará apto para realizar atividades de Baixa e/ou Média Tensão. Lembrando que o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) obriga a todos que atuam, direta ou indiretamente, em instalações elétricas e serviços de eletricidade de alta tensão, que complementem o treinamento de NR-10 com o treinamento de NR-10 SEP, visando também a capacitação para o exercício da atividade.

Gostou do post? Deixe seu comentário!

Você também irá gostar

  • Dia dos professores: Curiosidades sobre a data

    Dia dos professores: Curiosidades sobre a data

    No dia 15 de outubro é comemorado o dia do professor no Brasil, a profissão que forma todas as profissões, que forma alunos de todas as idades, etnias e personalidades. Para comemorar essa data tão especial, vamos ver algumas curiosidades sobre o dia do professor, aposto que algumas são novidades para você!  No Brasil, um […]

  • A Importância das Pontes Rolantes na Movimentação de Materiais

    A Importância das Pontes Rolantes na Movimentação de Materiais

    É importante ressaltar que as atividades de Movimentação de Materiaisrepresentam para as empresas um importante divisor entre a sua programação e o controle de produção, e a sua efetiva capacidade produtiva. Comenta-se que, em empresas razoavelmente organizadas, movimenta-se entre 50 a 70 toneladas de materiais para cada tonelada de produto acabado, reforçando as afirmativas de […]

  • Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    A ergonomia pode ser definida de acordo com o dicionário Aurélio como a “ciência que visa à organização metódica do trabalho em função do fim proposto e das relações entre homem e a máquina” (Aurélio, p. 298, 2010). Desta forma, pensando na maior produtividade do trabalhador e em seu bem-estar, uma das atribuições do Técnico […]