Aprenda como transformar cursos presenciais em EAD

Desde que o ensino a distância (EAD) começou a ser disponibilizado no Brasil, ele passou por muita evolução, tanto em termos tecnológicos como na metodologia de ensino. Isso, junto com a rotina de vida cada vez mais acelerada do brasileiro tem feito com que mais alunos se matriculem em cursos EAD. 

Segundo uma pesquisa feita pela SAGAH, realizada em 2016, estima-se que o EAD corresponda a 51% do mercado após 2023. Isso mostra que o ensino online está próximo de superar o ensino presencial.

O treinamento que as empresas oferecem aos seus funcionários também passou por uma renovação e agora, todas as aulas teóricas podem ser oferecidas de forma online. Apenas as aulas práticas devem ser presenciais. Assim, os cursos de segurança do trabalho podem ser ministrados de forma online ou semipresencial.

Dessa forma, muitas empresas que compraram os cursos presenciais, podem transformá-los em aulas online para que seus colaboradores possam assisti-las de casa, por meio de um computador ou celular com acesso à internet, sem a necessidade de ir até à instituição de ensino para estudar. 

Mas como fazer essa transformação do curso presencial para o online? É sobre isso que veremos a seguir. Confira um passo a passo de como fazer essa transformação.

converter curso presencial em online

Nós, da Beta Educação, transformamos o seu curso presencial em online.

Passo a passo de como transformar seus cursos presenciais em EAD

Os cursos de segurança do trabalho que a sua empresa oferece de forma presencial aos colaboradores podem ser convertidos em cursos EAD. Dessa forma, o conteúdo fica de mais fácil acesso aos seus funcionários.

Para começar a transformar os treinamentos presenciais em online, devemos começar pela definição da interação.

Definir a interação

A interação aqui é aquela que ocorre entre professor e aluno. Ela pode ser assíncrona, síncrona ou híbrida. A interação assíncrona é aquela que ocorre em cursos que as videoaulas são gravadas e, assim, o aluno tira suas dúvidas depois da aula por meio de chat ou e-mail. 

A interação síncrona ocorre ao mesmo tempo em que a aula está acontecendo. Por isso, ela só ocorre em aulas no formato de live, em tempo real. Dessa forma, o aluno tem a oportunidade de perguntar, por meio de chat, ao professor e ser respondido durante a aula. Já a híbrida é uma mescla das duas interações anteriores.

Definir a interação é o primeiro passo ao transformar o conteúdo presencial em online, pois ela determina como vai ser o formato das aulas. No caso de aulas gravadas, o professor precisa dar a aula apenas uma vez e depois fica disponível para sanar as dúvidas. Já no caso de aulas ao vivo, é preciso que o professor dê a aula sempre que for necessário.

Preparar o conteúdo

Se o conteúdo da aula presencial está disponível em slides, você pode simplesmente revisá-los e utilizá-los. Porém, seria importante remodelar o conteúdo de acordo com alguma metodologia para ensino a distância. Assim, o professor consegue ensinar melhor o conteúdo e tem mais chances dos alunos aprenderem com mais facilidade.

Se o conteúdo estiver em apostilas, transforme ele em conteúdo online, como em slides, animações e outros formatos. Assim, o treinamento online deixa de ser monótono para ser algo mais atrativo e interativo.

Para isso, analise o conteúdo já existente da aula presencial. Depois, liste os tópicos de forma lógica para que o aluno possa consumir o conteúdo. Ao final, elabore os módulos e crie o roteiro da aula com todo o conteúdo que deverá ensinar durante ela.

Gravar as aulas

Se a forma que você escolheu para o curso são aulas gravadas, então é hora de se preparar para a gravação. É importante que tenha uma câmera boa (mas se não tiver, pode utilizar um celular), um plano de fundo e tenha o roteiro bem estruturado. 

Assim, é só separar um dia e começar a gravar. O bom desse método é que as aulas podem ser gravadas todas em um único dia. 

Se o método escolhido for as lives, é preciso também fazer o plano de aula e roteiro para que no dia da live o professor saiba o que é preciso ensinar durante o período em que estiver online.

converter curso presencial em online

Editar o material

Após as aulas gravadas, é o momento de editá-las. Após isso, elas estarão prontas para serem disponibilizadas aos alunos. Essa etapa pode ser feita por você, se souber como editá-las, ou pode ser contratado um profissional terceirizado para fazer o serviço. 

Nessa etapa de finalização do conteúdo, também é essencial padronizar todos os arquivos, videoaula, textos em pdf, animações, outros vídeos, entre outros. Para isso, é indicado usar o SCORM, pois ele é o padrão utilizado em várias plataformas de ensino.

No caso de ser live, é importante ter um profissional de apoio para ajudar em qualquer problema que tiver durante a aula. Também é essencial deixar todo o equipamento pronto para a transmissão.

Escolher uma plataforma online

Por fim, mas não menos importante, é hora de escolher a plataforma de ensino. Nesse momento, analise as ferramentas que ela oferece e compare com o que você espera da plataforma. Além disso, procure se informar se a plataforma utiliza o SCORM para padronizar os arquivos. 

Por fim, é só colocar os arquivos das aulas online que você acabou de criar na plataforma e disponibilizar para os alunos.

Transformar o curso presencial em EAD é uma forma de aproveitar o material educacional já existente e, apenas, adaptá-lo para outro formato de ensino. Dessa forma, não é necessário criar um curso do zero, o que economiza tempo e trabalho. 

Oferecer os treinamentos de segurança do trabalho e cursos de aperfeiçoamento aos seus colaboradores é essencial para manter um ambiente de trabalho seguro e para que seus funcionários estejam sempre atualizados.

Conheça nosso serviço de transformar cursos presenciais em online utilizando o SCORM para padronizá-los e deixá-los prontos para serem inseridos na plataforma de ensino.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: