A importância do mapa de riscos nos ambientes de trabalho

  • 289 visualizações

Olá, no post de hoje iremos abordar o mapa de riscos, uma importante ferramenta das ações de saúde e segurança do trabalho das empresas.
Mas afinal qual a sua importância nos ambientes de trabalho além da obrigação legal?

É conhecido que, um ambiente de trabalho é composto por diversos tipos de trabalhadores exercendo as mais variadas funções. Desta forma, é de suma importância que sejam reconhecidos e identificados os riscos aos quais estas pessoas estão expostas.

A preocupação em se identificar e exibir os riscos dos ambientes de trabalho, apesar de recente mostra-se como uma importante aliada para a redução dos acidentes, unindo a experiência, a percepção e participação de trabalhadores, gestores e profissionais da área de saúde e segurança do trabalho das empresas .

Mas afinal o que é o mapa de riscos?

O mapa de riscos é a apresentação gráfica (em mapa) dos elementos no ambiente de trabalho que caracterizam-se como riscos aos trabalhadores no exercício de suas funções, seja na área de produção ou também nos setores administrativos e de convivência dentro da empresa.

Ele deve ser elaborado e fixado em vários locais nos ambientes de trabalho, devendo ser de fácil acesso e compreensão para cumprir seu objetivo de ilustrar, orientar e informar as pessoas que transitam por tais ambientes das dos riscos em cada área que frequentam.

Sobre sua elaboração, a NR-05 apresenta que é responsabilidade da CIPA, conforme o Item 5.16 em que:

“a) identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o mapa de riscos, com a participação do maior número de trabalhadores, com assessoria do SESMT, onde houver. “

Quais elementos o compõe?

O mapa é feito em uma planta baixa ou esboço do local de trabalho, e os riscos são representados por círculos com cores e diâmetros distintos para exibir os locais onde se encontram, o grau de risco e os fatores no ambiente que podem gerar riscos e perigos aos trabalhadores da ocorrência de acidentes.

Porque cada risco possui uma cor diferente? De onde vem essas cores?

Durante sua elaboração, cada risco é classificado com uma cor diferente. A padronização auxilia no trabalho de identificação e localização dos riscos não apenas para os trabalhadores que sempre frequentam os ambientes como também para quem os visita.

As cores que representam cada um dos riscos foram definidas pela tabela I do Anexo IV da portaria SSST número 25 de 29 de dezembro de 1994.

Aqui extraímos as informações presentes na tabela e elaboramos este quadro para facilitar o entendimento.

Elaboração: Beta Educação
Fonte: Portaria SSST n° 25 de 29/12/1994

Concluindo

Assim como qualquer método de prevenção, o Mapa de Risco tem o objetivo final de reduzir o número de acidentes de trabalho e danos à saúde do trabalhador dentro da empresa.

Aliando a participação dos trabalhadores e os profissionais de segurança do trabalho, o mapa de risco, ao exibir ao trabalhador os riscos aos quais eles estão expostos desenvolve uma atitude de cautela, cuidado e prevenção e pertencimento ao ambiente nos trabalhadores, contribuindo assim para o controle, mitigação e até eliminação dos riscos.

E então, gostou de conhecer mais sobre o mapa de riscos? Deixe um comentário sobre nosso artigo. Ficaremos felizes com sua participação.

Já conhece nossa plataforma de treinamentos? Clique em: Quero falar com um consultor da Beta Educação que ficaremos muito felizes em conversar com você!