04 obstáculos comuns ao tentar estabelecer uma cultura de segurança

17 de março de 2017

Tentar introduzir e estabelecer uma cultura de segurança não é uma tarefa fácil, pois a cultura vai além de qualquer programa de segurança, ela compartilha um propósito entre todos os níveis da empresa. Veja a seguir os quatro obstáculos mais comuns ao tentar estabelecer a cultura de segurança nas empresas e como tratar cada um deles.

A cultura de segurança só tem a oferecer, quando estabelecida da forma correta. Isso porque ela trabalha os hábitos, costumes e visão sobre a segurança de todos os membros da empresa, por isso, nem sempre é uma tarefa fácil. Este artigo traz a ideia do blog NSC (National Safety Council).

Sabemos que a etapa primordial para que se estabeleça uma cultura de segurança é a participação de todos da empresa, desde o diretor até o trabalhador final. Por isso, vamos ao nosso primeiro obstáculo:

#1 Atitudes da organização

A atitude da organização envolve desde o diretor ao trabalhador final, e este ponto afeta o sucesso da cultura de segurança da empresa. É importante lembrar que sempre haverá resistência, mudanças assustam não é mesmo? Por esse motivo as mudanças deve ser realizadas de forma positiva, são alguns obstáculos de atitude que você poderá encontrar no caminho:

    • Falta de confiança;
    • Medo de mudanças;
    • Tratar a mudança como um programa e não uma nova cultura;
    • Pensar que é mais um processo sem o envolvimento dos funcionários;
    • Funcionários que só se concentram nos erros dos outros;
    • Receio de muito trabalho e esforço envolvido.

A forma mais efetiva de abordar questões de atitude é tornar-se um líder de segurança. Mostre o seu comprometimento com a segurança de forma pessoal e seja o exemplo.

Leia também:  “4 atitudes de verdadeiros líderes de segurança”

#2 Papéis e responsabilidades

Papéis e responsabilidades devem ser determinadas desde o começo, comunique e tenha certeza que cada um entenda seu propósito. É importante envolver todos os níveis na etapa de planejamento, assim como na execução, para garantir o apoio e aprovação de todos. A resistência ao estabelecer a cultura neste caso pode vir de:

  • Falta de compromisso por parte da liderança;
  • Falta de responsabilidade e apoio da alta direção;
  • Esquecer ou não envolver todos da organização;
  • Falta de definição do papel da liderança.

Antes de mais nada, procure estabelecer todos os papéis e responsabilidades. Crie um grupo de segurança que envolva trabalhadores de todos os níveis e faça com que exista um mecanismo de feedback, partindo dos trabalhadores.

#3 O treinamento

Ao realizar mudanças em um sistema ou cultura, você deverá reservar tempo para treinar o seu time que irá liderar as mudanças e ainda, tempo extra para as pessoas mudarem seus hábitos e costumes em relação a segurança do trabalho. O sucesso ao estabelecer um novo sistema de gestão pode ser desafiado por:

    • Treinamentos inadequados;
    • Membros da equipe sendo designados ou assumindo demasiadas responsabilidades;
    • Tempo inadequado para um treinamento eficaz, trazendo insegurança para os trabalhadores.

Considere os trabalhadores como a linha de frente para o sucesso da gestão da segurança, portanto invista em tempo e recursos para oferecer um treinamento completo e eficaz.

#3 A estrutura da empresa

Para estabelecer a cultura de segurança, é necessário construir um ambiente adequado para uma nova gestão da segurança. Por isso é preciso tempo e comunicação constante. Os sistemas que falham frequentemente encontram estes problemas:

  • Sistemas ou estruturas não capazes de apoiar equipes;
  • Falha de comunicação na empresa;
  • Não permitir tempo suficiente para mudar;
  • Nenhum planejamento de transição;
  • Encarar as mudanças de forma negativa.

Certifique-se de implementar um sistema de gerenciamento de segurança adaptado a realidade de sua empresa, além disso, dê tempo ao tempo, a cultura de segurança não será estabelecida de um dia para o outro.

Fonte: A Resource Guide on the Journey to Safety Excellence, NSC

Em vistas da importância do tema para a segurança do trabalho,  a beta educação desenvolveu o primeiro curso online de Gestão da Cultura de Segurança do Trabalho. Conheça e implemente esse treinamento acessando este link: https://betaeducacao.com.br/cursos/gestao-da-cultura-de-seguranca/

Você também irá gostar

  • Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    Especial: A ergonomia muito além de seu conceito

    A ergonomia pode ser definida de acordo com o dicionário Aurélio como a “ciência que visa à organização metódica do trabalho em função do fim proposto e das relações entre homem e a máquina” (Aurélio, p. 298, 2010). Desta forma, pensando na maior produtividade do trabalhador e em seu bem-estar, uma das atribuições do Técnico […]

  • O que é preciso saber sobre Legislação Trabalhista e Previdenciária em SST?

    O que é preciso saber sobre Legislação Trabalhista e Previdenciária em SST?

    Olá, no post de hoje iremos abordar um tema muito importante para todos os envolvidos na área de SST: A legislação trabalhista e previdenciária. A intenção deste post é apresentar de maneira simplificada os conceitos do acidente de trabalho nos termos legal e prevencionista e como ficará o envio dos dados do acidente com o […]

  • Por que o mês de Maio é Amarelo?

    Por que o mês de Maio é Amarelo?

    Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para a redução dos acidentes de trânsito e que surgiu com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.  A ideia é mobilizar os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações […]