4 dicas de como incentivar a capacitação dos seus colaboradores

Muitas vezes uma boa seleção de funcionários não é suficiente para trazer valor para uma organização. Por mais que esse seja um passo essencial para qualquer instituição, é necessário sempre ter em mente que os colaboradores precisam de treinamento contínuo para manter uma boa produtividade e para a empresa se manter a par da competição do mercado.

Grandes organizações multinacionais, como a própria Amazon, uma das marcas mais valiosas do mundo, e a Bain & Company, que já chegou a angariar uma série de prêmios de melhor empresa para se trabalhar, treinam seus funcionários continuamente. Segundo os gestores desta última, por exemplo, a capacitação garante que o colaborador tenha as ferramentas e o conhecimento necessários para garantir sucesso no seu trabalho.

Independente de qual é o ramo do seu negócio, apenas uma qualificação constante dos funcionários é capaz de agregar valor para a organização, aumentando não apenas sua parcela do mercado onde está inserida, mas também a produtividade e o desempenho dos colaboradores.

>> Saiba como reduzir o custo de treinamento dos funcionários com cursos online <<

Tendo em mente essa importância, separamos neste artigo 4 dicas para os gestores sobre como incentivar a capacitação dos seus colaboradores, especialmente no que se refere a treinamentos de saúde e segurança do trabalho. Venha conosco:

1. Conscientize os supervisores sobre a importância dos treinamentos

O papel de um supervisor é incentivar os seus times a alcançar resultados e fazer com que os funcionários se tornem cada vez mais capacitados, portanto seu papel é essencial para estimular a capacitação. (Imagem: Freepik)

Talvez em pequenas empresas e startups, essa distinção entre gestores e supervisores não seja tão discrepante. Porém, em empresas maiores, os supervisores são os colaboradores que mais estão em contato direto com os demais colaboradores. Portanto, faz parte da sua função também os incentivar a fazer parte de treinamentos e capacitações não apenas para o crescimento da empresa, mas também para a evolução profissional.

Essa conscientização pode ocorrer de diversas formas, e aqui enumeramos algumas delas:

  • Incentive a sua equipe a participar das capacitações apontando a importância e a aplicabilidade para a área específica onde trabalham;
  • Apresente aos colaboradores um cronograma do que será estudado em cada capacitação, e comunique o horário delas para que o seu time não fique perdido com relação a isso e às demais atividades;
  • Após as capacitações, não se esqueça de buscar sempre um feedback dos funcionários do que acharam sobre o treinamento e como podem aplicar diariamente na função a qual são designados.

2. Destaque para o seu time sobre a importância dos treinamentos para a carreira

Hoje em dia não basta ter um curso de graduação ou uma especialização para se destacar dentro do mercado de trabalho. Quando falamos em construir uma carreira profissional bem consolidada, não citamos apenas anos de empresa. Muitos colaboradores acabam por ficar acomodados a uma rotina específica de trabalho que não necessariamente os faz crescer profissionalmente – e, quando se desligam da empresa, estão mais desatualizados e despreparados do que quando entraram.

Por isso, muito além de argumentar que as capacitações podem ser importantes para aumentar a produtividade e o lucro da empresa, é preciso conscientizar os funcionários de que elas são um estímulo poderoso para desenvolver capacidades a longo prazo e enriquecer o currículo pessoal. Não obstante, quando percebem que a organização investe recursos para capacitá-los, os colaboradores se sentem mais valorizados, inclusive para subir posições conforme se especializam nos treinamentos oferecidos.

>> Se, por outro lado, você sente dificuldade em engajar seus funcionários a engajar em capacitações, confira o nosso artigo sobre como incentivar o adulto a aprender algo novo <<

3. Aponte a necessidade da saúde e segurança para a empresa com exemplos

Quando o assunto é segurança do trabalho, todo o cuidado é pouco. Embora esse seja um trocadilho, faz bastante sentido quando falamos em gestão organizacional de qualquer instituição. Essa é base de qualquer ofício – sem o mínimo de segurança, é impossível que os funcionários realizem seu trabalho de maneira efetiva.

Trazer exemplos práticos sobre como uma capacitação de segurança do trabalho pode ser uma boa opção para demonstrar a eles sobre a importância da saúde e segurança do trabalho dentro do ambiente onde trabalham. Se é, por exemplo, em um posto de combustível, trazer exemplos de possíveis acidentes e riscos a longo prazo, por exemplo, é uma boa ideia para incentivá-los a se capacitar e não correr esses riscos.

Outro fator importante é que não basta apenas que o gestor saiba como se portar diante de uma situação de risco dentro da empresa – todos precisam colaborar para garantir a segurança uns dos outros dentro de uma organização. Assim, conversas francas sobre possíveis riscos que os próprios trabalhadores sintam no dia a dia de trabalho é de suma importância para, juntos, construírem um ambiente seguro e livre de riscos de acidentes.

4. Realce o legado que os atuais funcionários podem contribuir para os futuros colaboradores a partir dos treinamentos

Como dito anteriormente, os treinamentos são capazes de motivar ainda mais os funcionários a terem um sentimento de pertencimento dentro da empresa, porque isso demonstra o quanto eles são valorizados na organização. Dito isto, empresas com grande rotatividade de funcionários precisam que todos estejam preparados para caso entre um novo colaborador e para que seja treinado adequadamente.

Isso não apenas aumenta o senso de colaboração dentro da empresa, como também incentiva os funcionários a crescerem dentro da empresa. Ao invés de realizarem uma atividade mecânica todos os dias a partir do que lhes foi ensinado nas capacitações, os colaboradores ainda têm a oportunidade de partilhar seus conhecimentos como uma espécie de legado para os próximos funcionários e, assim, não apenas reciclam o que foi aprendido, mas também sentem-se mais importantes dentro da organização.

>> Caso você não saiba como introduzir a conversa sobre segurança do trabalho dentro da sua empresa, neste artigo trazemos 5 razões para você fazer isso <<

A Beta Educação quer assegurar que as empresas tenham uma cultura de saúde e segurança do trabalho bem consolidada para poder potencializar o senso de organização.

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *